Estar nas capas de revistas, em campanhas de grifes famosas, estrelar desfiles de moda, aparecer na TV e ser reconhecida nas ruas: tudo isso faz parte do imaginário profissional de milhões de mulheres para a carreira de Modelo.

Pode ser uma vida de glamour – ou no mínimo uma vida cheia de vivências pessoais, culturais e de relacionamentos – mas está longe do básico ser bonita e fotografar bem. Estes itens são o básico, tem muito mais em jogo.

O que você precisa ter para ser uma modelo de sucesso?

Como em toda carreira, alguns aspectos são importantes para ser uma modelo bem sucedida.

Apoio e suporte da família

Ser modelo ainda é uma carreira envolta em preconceitos e imagens erradas – é algo muito fácil,  basta ser bonita ou tem de se dar bem com fulano. Nada mais longe da realidade!

O apoio da família – e marido ou namorado, principalmente – é fundamental, pois você terá uma série de desafios todos precisam não julgar pelos sensos comuns. Estar perto, ajudar a entender as formalidades, escolha uma pessoa de confiança e que tenha tempo para te representar nestas questões, para você focar na sua atuação.

Ótimo relacionamento interpessoal

Você não pode chegar apenas com este rostinho bonito. Este é um mercado onde os relacionamento são a base do trabalho, e não os processos para produzir uma mercadoria.

É fundamental que você tenha essa capacidade de se relacionar com as pessoas, com simpatia, desprendimento e passando credibilidade. As pessoas com quem você for trabalhar precisam se sentir à vontade com você.

Ser absolutamente responsável

Parece óbvio, mas muitas modelos confundem a descontração e leveza do trabalho em si com uma flexibilidade no comportamento.

Seja pontual nas programações ou na agência, se for seu endereço diário. Cumpra os compromissos aceitos em contrato, principalmente a disponibilidade para viagens. Com o tempo – e com o sucesso, esperamos! – você verá que dificilmente vai conciliar outro trabalho com o de modelo. Então é a hora de definir!

Crie uma imagem positiva

Aqui é mais do que o relacionamento interpessoal: é irradiar uma imagem que faz as pessoas querer trabalhar com você. Simpatia, preocupação e valorização da equipe técnica, dar sugestões, enfim tudo que pode mostrar que você é uma verdadeira profissional. Crie a sua marca para que ela chegue nos lugares antes de você!

Modelos Fashion (Passarela)

Este é o segmento talvez mais exigente para atuar e obter trabalho e sucesso.

Os padrões de beleza exigidos – sem entrarmos no mérito de serem certos! – existem mais por questão comercial do que gosto: as coleções não pode ser criadas em todos os tamanhos para os desfiles, seria um custo alto e desnecessário.

As medidas visam uma modelo que vestirá bem todas as peças da coleção – e a roupa será completamente vista por todos. A beleza do rosto, evidentemente, é essencial, mas não existe mais o rigor com padrões – pelo contrário, a moda atual quer mulheres com todos os tipos de beleza.

Modelo Comercial (Publicitária)

Neste segmento está sempre a maior quantidade de mercado, afinal todas as empresas precisam expor seus produtos, e as modelos têm um papel fundamental.

O padrão estético é menos rigoroso, pela gama de produtos e serviços, e a grande maioria busca modelos mais carismáticas, com ótima expressão corporal e facial e que a beleza se aproxime do público-alvo em alguns casos, e não de uma forma universal.

Modelo Infanto-juvenil

O mercado de produtos e serviços para crianças e jovens é um dos que mais cresce no mundo – e estamos falando desde o shampoo de bebê aos intercâmbios estudantis. Ou seja, não falta oportunidade!

Aqui, a beleza é um item importante, mas acima dela está a simpatia, a desenvoltura para as câmeras e ser autenticamente uma criança ou jovem e com isso criar a identificação necessária com o público-alvo.

Modelo Plus Size

Na verdade, uma modelo plus size estará sempre, e cada vez mais, nos tipos que falamos acima – porque felizmente os mercados derrubaram a barreira que impedia que as pessoas plus size consumissem com qualidade.

Porém, o destaque aqui é por ser um nicho bem específico para as oportunidades. O segmento cresce, mas tem suas regras como em qualquer outro.

Existe um padrão estético – altura, medidas, proporção de peso e altura – com os mesmos objetivos do mercado, digamos, tradicional: vestir bem toda a coleção. E não basta ser cheinha – assim como não basta ser magérrima; é preciso ter muita simpatia, a autoconfiança com o próprio corpo e um belo sorriso.

 

Você é uma modelo plus size ? então vai adorar os jeans plus size.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *