Gramado (Parte 2):  Aldeia do Papai Noel

Gramado (Parte 2): Aldeia do Papai Noel

Anteriormente,  contei aqui , que decidimos comemorar o aniversário de 5 anos da malinha Andressa e da nossa malinha- extra Marianna em uma viagem pra Gramado. Agora eu conto como foi nosso primeiro dia de viagem e sobre a Aldeia do Papai Noel! Divirta-se!

 

 Viagem – Aniversário para Gramado

 

 

 

Dia 1

 

 

– Indo para Gramado

 

 

 

Embarcamos no avião bem cedinho, pra chegarmos o quanto antes em Gramado. Por isso, chegamos ao aeroporto ainda de madrugada. Aí você pensa: ” tadinhas das meninas, deviam estar cheias de sono!”. Então, eu te digo: mas que ledo engano!  Elas estavam acordadíssimas, animadíssimas, com a tagarelice mode on, volume e intensidade no máximo!

 

Mari, Amanda e Andressa super animadas às 5 da manhã.

 

 

 

Despachamos as malas, seguimos para o portão de embarque. E somente na máquina de raio-x, após aviso da funcionária, que percebemos que as botas da Andressa estavam trocadas! ( Que mico!). Todo mundo achando graça da animação das meninas e ali mesmo elas ganharam o apelido de trio parada dura!

Distribuí o kit viagem, que fez muito sucesso, aliás. Eu montei um na primeira viagem de avião das meninas e deu super certo. É algo pra elas se distraírem durante as horas de vôo. Diminui a ansiedade e dessa vez, permitiu que elas registrassem em tempo real as próprias experiências nos diários de viagem.  Elas não usaram só durante o vôo, mas sim durante toda a viagem!

 

 

 

o kit montadinho

 

 

 

O que coloquei no kit e o diário de viagem.

 

 

 

Viajando para Gramado
Amanda e Mari com seus kits viagem no avião.

 

 

 

Era a  primeira vez que minha sobrinha viajava de avião. Eu estava ainda apreensiva com a reação dela. Mas além de não ter tido medo algum, ela tirou de letra! Nasceu pra viajar!

 

Fomos de avião até Porto Alegre e de lá pegamos um ônibus para Gramado. Compramos as passagens e embarcamos no próprio aeroporto . Cada uma custou R$33,20 , pela empresa Citral. O trajeto POA-GRAMADO tem duração de 2 horas.

 

 

– Chegando em Gramado

 

 

Como havia dito antes, alugamos um apartamento com uma localização que nos poupasse o máximo de deslocamento na cidade. Então, quando descemos na rodoviária, pudemos ir a pé ( mesmo carregando malas e malinhas) até o lugar em que nos hospedaríamos.

Foi super tranquilo de achar e realmente era bem pertinho de tudo. Assim que chegamos na porta do prédio, começou a cair uma bela chuva. Ô sorte!

Até deixar as malas no apê e todo mundo fazer o pit – stop no banheiro , já eram 14h da tarde. Resolvemos então, que nossa primeira providência seria procurar algum lugar pra comer, para então decidir qual seria nossa programação.

Debaixo de chuva (ainda bem que levamos guarda-chuvas e capas!) e uma boa queda na temperatura, achamos na Avenida das Hortências, um restaurante com rodízio de fondue bem baratinho!! Para as crianças, pedimos o prato infantil da casa. Fomos maravilhosamente bem atendidos e as crianças ainda aproveitaram muito bem a parte do chocolate e frutas! Ah! Elas também amaram beber o suco de uva integral na taça! A Dessa disse que era muito chique.

 

 

Quem comeu meu fondue de chocolate?!

 

 

 

 

 

 

Repara na “chiqueza”

 

 

 

– Passeando em Gramado

 

 

 

Já estava meio tarde, e além disso, chovendo bastante e um friozinho considerável. Porém, não queríamos perder o dia e as meninas estavam super ansiosas pra fazer algum programa. Por ser um dos parques que fechava mais tarde e um dos mais próximos também, fomos para a Aldeia do Papai Noel.

 

 

Aldeia do Papai Noel

 

 

 

Não foi um passeio fácil, porque todo o circuito é aberto e por isso, a dinâmica abrir-fechar guarda-chuva foi bem chata. Sinceramente, eu detestei. Além do ingresso não ser barato, qualquer coisa lá dentro é paga. Várias atrações à parte são pagas. O parque tem aspecto de abandonado, as coisas são velhas e dão um toque meio macabro algumas vezes. As meninas várias vezes se assustaram ou sentiram medo.

Existia um caminho com longa escada,  e foi difícil descer com a Mari e a Dessa. Imagina uma pessoa com carrinho de bebê, ou até mesmo um deficiente físico ou idoso? Além disso, faltou bastante simpatia nos funcionários num parque que representa a magia do Natal e a lenda do Papai Noel.

 

 

Museu do Brinquedo – Aldeia do Papai Noel

 

 

 

O ponto alto do parque pra elas foi a casa do Papai Noel e o encontro com o próprio, e este sim, foi simpático e bem atencioso com as crianças.

 

 

Malinhas e o bom velhinho.

 

 

 

De qualquer forma, saldo positivo! Elas se divertiram e se encantaram. Dá pra perceber pelos sorrisos, não é ?!

Saímos do parque e fomos buscar um lugar quentinho e seco para nos abrigar! Terminamos a noite com banho, leitinho, cobertor e muito  ansiosas pelo que ainda estava por vir!

Espero que  essa página do diário de viagem tenha te ajudado de alguma forma! E se você quer saber mais sobre Gramado, não saia daí! No próximo post:  Canela, Alpen Park, Mundo Gelado e Snowland!

 

 

*  Aldeia do Papai Noel

Entrada: R$ 24,00 (adultos) , R$15,00 (crianças até 1,20 m)

Horário de funcionamento: de domingo a quinta-feira, 10 h às 18 h; sextas e sábados, das 10 h às 19 h.   

Preços e horários retirados do site:  http://www.papainoel.com/

 

 


Aline Figueiredo

É mãe das malinhas Amanda e Andressa, travel-blogger, ama viajar, estudar, escrever e é viciada em séries. Acha que é de amor que as pessoas precisam e tem esperança da construção de um mundo melhor, porque acredita nas crianças.

6 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta